Água – E quando o recurso mais precioso deixar de estar disponível?

Água – E quando o recurso mais precioso deixar de estar disponível?

O problema da falta de água, apesar de sentido por todos, tem opiniões bastante diferentes, consoante o setor e o cargo que a pessoa representa. A escassez de algo remete para uma das correntes mais fortes na gestão e compreensão do tema – a disciplina da economia. Esta permite-nos observar a problemática em função de dois vetores – a oferta e a procura. E é aqui que as opiniões divergem.

COP 28: Portugal, o mundo e os Acordos de Paris

COP 28: Portugal, o mundo e os Acordos de Paris

Começa hoje a COP 28, nos Emirados Árabes Unidos. Até dia 12 de dezembro, diplomatas e líderes mundiais reúnem-se para negociar questões sobre a ação climática.
Mas afinal o que são as Conferências das Partes? Em que ponto se posiciona Portugal em relação ao Acordo de Paris? O que é que se pode esperar da COP 28?

Marca Sustentável BE Bluenergy

Marca Sustentável BE Bluenergy

A BE Bluenergy desenvolveu um sistema de avaliação de gestão de água e energia que permite classificar as boas práticas nestas áreas. Este é um sistema justo, mensurável e de árdua manutenção, que premeia a preocupação ambiental de gestão de recursos e, consequentemente consumos, e que obriga a um trabalho contínuo para a permanência num nível mais elevado.
Está claramente assente na máxima: Só o que é medido pode ser gerido.

A importância de monitorizar os consumos de eletricidade em tempo real

A importância de monitorizar os consumos de eletricidade em tempo real

A existência de um sistema de monitorização em tempo real com alarmística integrada e suporte por parte de equipa de gestão especializada é imprescindível para otimizar regimes e ciclos tarifários; ajustar a potência contratada à potência máxima tomada; detetar padrões de consumo indicativos de anomalia e corrigir a energia reativa.

Uma vez conhecido o perfil de consumo, saiba qual a melhor forma de reduzir os consumos de eletricidade.

A importância da monitorização dos consumos de água

A importância da monitorização dos consumos de água

A monitorização dos consumos em tempo real de água é fundamental para a sobrevivência de qualquer organização. A água tida como um bem abundante é constantemente desperdiçada devido a uma utilização pouco eficiente. Através de uma tecnologia fiável a BE Bluenergy garante a monitorização em tempo real dos seus consumos de água, permitindo otimizar o consumo deste recurso precioso.

O que esperar da energia em 2023

O que esperar da energia em 2023

2022 foi um ano difícil para os mercados energéticos europeus. O bloqueio ao gás natural russo deixou as economias europeias vulneráveis a preços da energia que há dois ou três anos eram impensáveis. As energias renováveis tem sido fundamentais como parte da segurança energética europeia, mas tudo indica que estamos perante um período de energia mais cara. O que fazer? A regra parece simples: Produzir mais e consumir menos.

COP 27 – Decisiva ou mais do mesmo?

COP 27 – Decisiva ou mais do mesmo?

A recente COP 27 foi uma das mais frustrantes dos últimos anos. Ofuscada pela incerteza sobre o futuro da segurança energética provocada pelo conflito no Leste da Europa, as preocupações ambientais passaram para segundo plano, e as promessas políticas soaram cada vez mais vazias.
A transição energética não é opcional e na BE Bluenergy ajudamos organizações a migrarem para modelos menos intensivos em carbono, contribuindo para uma sociedade mais sustentável, enquanto se poupam dezenas de milhares de euros. O planeta agradece.

o inverno da energia vem aí

o inverno da energia vem aí

Com a perspetiva de mais um ano pouco chuvoso, limitando consideravelmente a produção de energia renovável, os próximos meses podem se tornar complicados, em virtude de uma dependência do gás natural que continua a subir de preço nos mercados internacionais.

Água: cara ou barata?

Água: cara ou barata?

A água é muito barata em Portugal, sobretudo tendo em conta a sua escassez. A água comprada à rede pública custa uma média de 3 euros por cada mil litros, o que equivale a menos de 0,02 € por cada 5 litros de água. Será razoável? Se pensarmos que a água retirada dos reservatórios subterrâneos é retirada sem grandes limitações e a custo “zero” (tirando os custos de energia utilizados em bombas de extração), começa a ficar evidente a complexidade do tema.

Vamos falar sobre

o seu projeto

Política de Privacidade

9 + 12 =